Mineira Lara Lima conquista a prata na Copa do Mundo de halterofilismo em Dubai, garantindo segunda colocação na categoria até 41 quilos.

A mineira Lara Lima brilhou nesta quinta-feira (29) ao conquistar a primeira medalha do Brasil na Copa do Mundo de halterofilismo paralímpico, realizada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Competindo na categoria até 41 quilos, Lara garantiu a medalha de prata ao erguer 100 quilos em sua segunda tentativa na disputa.

A chinesa Cui Zhe levou o ouro ao erguer 115 quilos, enquanto a ucraniana Maryna Koriuka ficou com o bronze com a marca de 93 quilos. Com este desempenho, Lara permanece na quarta posição do ranking mundial, que é utilizado como critério de classificação para os Jogos Paralímpicos que acontecerão em Paris, na França.

A Copa do Mundo de halterofilismo é uma etapa crucial para os atletas que buscam a classificação para os Jogos de Paris. Além disso, a competição proporciona a oportunidade de melhorar as marcas e obter uma melhor posição no ranking de acesso aos Jogos Paralímpicos. Cada país pode levar apenas um atleta por categoria para o evento.

É importante ressaltar a dedicação e o esforço de Lara Lima, que representou o Brasil de forma brilhante na competição internacional. A sua conquista é motivo de orgulho para o país e mostra o talento e a capacidade dos atletas paralímpicos brasileiros.

Com a medalha de prata conquistada na Copa do Mundo, Lara Lima se destaca como uma das promessas do halterofilismo paralímpico brasileiro e demonstra que está preparada para competir em alto nível nos Jogos Paralímpicos de Paris. O seu desempenho é um incentivo para outros atletas brasileiros que buscam o sucesso no esporte de alto rendimento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo