Advogado e cliente são detidos por tráfico de drogas e associação para o tráfico em Arari, no Maranhão, após sessão do Tribunal do Júri.

Na última quarta-feira (28), um advogado e seu cliente foram detidos em Arari, no Maranhão, sob a acusação de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A prisão ocorreu nas dependências do Fórum da Comarca de Arari, logo após uma sessão do Tribunal do Júri em que o advogado estava atuando na defesa do seu cliente.

Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, o advogado teria utilizado sua posição profissional para negociar entorpecentes com clientes presos e foragidos, além de intermediar transações com outros traficantes. As investigações apontam que o crime era cometido de forma recorrente, com o advogado supostamente recebendo armas e drogas como forma de pagamento por seus serviços advocatícios.

Além das prisões, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência do advogado, localizada em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. Os detidos foram encaminhados à unidade prisional em São Luís, onde ficarão à disposição da Justiça após a execução dos mandados de prisão preventiva.

O procedimento de prisão foi acompanhado por representantes da Comissão de Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão (OAB-MA), que estiveram presentes durante todo o processo.

A notícia chocou a comunidade local de Arari, que nunca imaginou que um advogado poderia se envolver em atividades ilícitas relacionadas ao tráfico de drogas. As autoridades afirmam que vão seguir investigando o caso para entender a extensão do envolvimento do advogado e garantir que a justiça seja feita.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo