Governo do Maranhão realiza Mutirão de Cirurgias de Postectomia para combate ao câncer de pênis no estado.

Na última quarta-feira, foi divulgado um dado alarmante: de 2020 a 2023, 103 homens perderam a vida no Maranhão devido ao câncer de pênis. Esse número chocante revela a gravidade da situação e a necessidade de conscientização e prevenção em relação a essa doença.

Além das mortes, foram realizadas 188 amputações gerais no mesmo período, com 153 delas sendo relacionadas ao câncer de pênis nos municípios de São Luís, Imperatriz e Caxias. Esses números mostram a urgência de medidas para combater essa doença e suas consequências.

O câncer de pênis tem maior incidência em homens com 50 anos ou mais, mas também pode afetar os mais jovens. Fatores como má higiene íntima, infecção pelo HPV e a falta de circuncisão estão associados ao desenvolvimento desse tipo de câncer.

No Brasil, a região Norte e Nordeste são as mais afetadas por essa doença, representando 2% de todos os cânceres masculinos no país. Diante desse cenário preocupante, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Ses), promoveu um Mutirão de Cirurgias de Postectomia no Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira, em São Luís, como parte da “Campanha de combate ao câncer de pênis no Maranhão”.

O Mutirão teve início no último sábado e continuará até o dia 2 de março, com a previsão de realizar 75 cirurgias no total. O objetivo é conscientizar e alertar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce dessa doença.

O Secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, destacou a importância da campanha e do compromisso do governo em reduzir os índices de câncer de pênis e outros problemas de saúde masculina. Ele ressaltou a parceria com diversos hospitais e municípios maranhenses para alcançar esse objetivo.

A cirurgia de postectomia é fundamental para prevenir o câncer de pênis, especialmente em casos de fimose. Essa intervenção cirúrgica, de média complexidade, é rápida e eficaz, contribuindo para a saúde e bem-estar dos pacientes. A ação realizada pelo governo do Maranhão é um passo importante na luta contra essa doença e na promoção da saúde masculina.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo