Navio mercante Forte de São Felipe finalmente atraca no Porto da Alumar após seis dias encalhado na Baía de São Marcos.

O navio mercante Forte de São Felipe, de bandeira brasileira e com 229 metros de comprimento, finalmente conseguiu atracar no Porto da Alumar na noite desta quinta-feira (22) após passar seis dias encalhado na Baía de São Marcos, em São Luís. A informação foi confirmada pela Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA).

De acordo com a Capitania dos Portos, o navio Forte de São Felipe flutuou por cerca de 30 minutos antes da preamar, que é a maré de maior altura prevista para o dia. Após esse período, a embarcação demonstrou condições seguras de navegação e seguiu para a atracação no Porto da Alumar.

“A situação foi prontamente resolvida sem a necessidade de utilizar o plano de desencalhe apresentado pela empresa de assistência e salvamento”, afirmou a nota divulgada pela Capitania dos Portos.

Para que o navio Forte de São Felipe seja liberado para operação normal nos mares, a Sociedade Classificadora, entidade responsável por garantir a segurança, confiabilidade e conformidade das embarcações, precisará realizar uma inspeção na embarcação e emitir um parecer confirmando que ela está em condições seguras para navegação.

A Capitania dos Portos também destacou que um Inquérito Administrativo está em andamento para investigar as causas do encalhe do navio Forte de São Felipe, o que temporariamente impede a continuidade de sua operação normal.

Apesar do imprevisto, o incidente não causou danos graves à baía de São Marcos e não houve registro de vazamento de óleo ou outros materiais que pudessem causar danos ambientais. A operação de resgate do navio contou com o apoio de rebocadores e especialistas em salvamento marítimo.

Agora, enquanto aguarda a conclusão do Inquérito Administrativo e a inspeção da Sociedade Classificadora, o navio Forte de São Felipe permanecerá no Porto da Alumar, aguardando novas orientações das autoridades marítimas para retomar suas operações de transporte de cargas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo