Governo paulista anuncia oportunidades para o setor circense através de chamada pública. Novas possibilidades para artistas circenses.

Governo de SP lança chamada pública para Festival de Circo 2023

Inscrições estão abertas no site da Amigos da Arte; investimento será de R$ 1 milhão

O Festival de Circo SP deste ano acontece de 10 a 12 de novembro em Piracicaba, no interior do estado

O governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, acaba de lançar mais uma chamada pública. Desta vez, o foco é no setor circense. Os artistas interessados podem cadastrar gratuitamente os projetos para o Festival de Circo 2023 até 31 de agosto às 23h59 no site da Associação Paulista Amigos da Arte, produtora e gestora da ação.

Este é o terceiro bloco de chamadas públicas dedicado ao setor cultural lançado pela organização este ano. Para inscrições e informações completas, acesse www.amigosdaarte.org.br.

“Com essa chamada, a terceira desde maio,  destacamos um grupo bem específico de artistas e alcançamos um investimento total que já está próximo dos R$ 23 milhões”, disse Glaucio Franca, diretor-geral da Amigos da Arte. “A arte circense tem tido uma atenção muito especial da secretária (Marília Marton) e nossa intenção é fortalecer essa arte milenar e que tem a capacidade de reunir famílias e agradar públicos de todas as idades”, completou.

O Festival de Circo SP deste ano acontece de 10 a 12 de novembro em Piracicaba, no interior do estado. A ação tem por objetivo valorizar, promover e difundir a prática da arte circense. Artistas, grupos, companhias e circos itinerantes podem participar do Festival.

A partir da inscrição das propostas, uma comissão fará a seleção das atrações, que serão apoiadas com pagamento de cachê – incluído hospedagem, transporte, alimentação, taxas e impostos – e com concepção, direção, organização e  produção do Festival de Circo SP.

Os critérios para a análise dos projetos serão três – a qualidade, criatividade e relevância artístico cultural; o histórico de atividades dos artistas envolvidos; e a viabilidade de realização da proposta.

Como contrapartida, os selecionados deverão realizar a atração selecionada de acordo com a proposta inscrita, garantir o recolhimento dos encargos necessários à execução – como direitos autorais, ECAD, apresentar laudos de segurança etc. As informações completas estão no site da Amigos da Arte.

O investimento da Secretaria da Cultura será de R$ 1 milhão para a produção e execução do Festival, incluindo pagamento de cachês, infraestrutura, materiais de comunicação, logística, entre outros serviços.

Sobre a APAA

A Associação Paulista dos Amigos da Arte é uma Organização Social de Cultura responsável pela gestão do Teatro Sérgio Cardoso, Teatro de Araras e do Mundo do Circo, além de programas de difusão cultural, como o Revelando SP e o Circuito Cultural, entre outros. A organização trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e a iniciativa privada desde 2004.

Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da APAA, que tem como objetivo fomentar a produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos. Em 19 anos de atuação, a organização desenvolveu mais de 70 mil ações que impactaram mais de 30 milhões de pessoas.

Fonte: Adaptado de (insira o nome da fonte aqui)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo